terça-feira, dezembro 20, 2016

Acerto de Contas #1

5-3-2016


Eu queria muito ter te abraçado e tal, mas me fiz de durona, e assim fiquei, e assim me fui. Talvez pela última vez, ou pela primeira. Não sei.

Esse texto, era pra ser a explicação de tudo, mas foi apenas uma introdução. 

De volta, agora em 13 de março de 2016, retorno, não para continuar o que comecei, mas para finalizar o que escrevi. Notei há 2 minutos que minha vida se assemelha ao meu modo de escrever. É intenso, oscila entre razão e emoção, quase não há ponto final em relacionamentos, e cada nova história é vivida a partir de um gancho derivado de um velho amor. E é assim que vivo.