O complexo da solidão.

11.11.16 




É tudo tão incompleto, tão sem vida e ao mesmo tempo cheio dela, que não cabe mais em mim. E para continuar a contrariedade, vou jogar fora algumas caixas que usava pra guardar as coisas que não cabiam em mim. Talvez como uma tentativa desesperada pelo amadurecimento, ou, pela superação. 
Provavelmente essa não é a melhor maneira de "crescer", mas parece necessário. Até porque já tentei de outras maneiras, inúmeras maneiras, que não deram certo. Serviram apenas para prolongar o sofrimento oculto em mim. 

A confusão inundando em minha cabeça. O desespero por mudança que luta contra meu desânimo de viver. Nada mais faz sentido. Já não entendo a mim. Já não sei o que fiz ou deixei de fazer, nem o que estou fazendo. É uma prisão sem grade e nem cadeado. Estou numa solitária sem porta para entrar nem sair. É como se eu tivesse nascido lá mas, com minha incrível imaginação havia colocado minha mente para fora, e agora estou dentro novamente. 

O complexo da solidão. 

Postagens mais visitadas deste blog

Sinta a sua dor - DIÁRIO #1

o que você fez com a sua dor? - da página Textos cruéis demais para serem lidos rapidamente

Coaxos no Bairro