segunda-feira, junho 05, 2017

[ SILENCIA.DOR ]

Avisto-o de canto e,
tal situação torna cinza minha alma colorida...

Você está imóvel, parece sem vida
Agarro-te mas não consigo esquenta-lo,
balbucio palavras de conforto, carinho...
Obviamente, não funcionou.

meu mundo cai
eu desabo

Seguro-te entre minhas mãos
cheiro-te
beijo-te
choro

gritos se intercalam com soluços
lágrimas molham seu corpo

pulsação e respiração se enfraquecem
músculos tornam-se tensos
olhos se fecham

você se foi, eu senti, e não posso fazer mais nada.