quarta-feira, julho 19, 2017

DÁ UM PAUSE

Todas as pessoas que conhecem minha rotina dizem que eu deveria descansar mais, diminuir a quantidade de tarefas diárias e, principalmente, fazer mais pausas entre essas tarefas. Como já era de se esperar, não segui esses conselhos.

faço muitas coisas? talvez




É 5 da manhã, acorda Nathalia. Corre porque ontem você não arrumou a mochila para a escola. Come alguma coisa e sai, seja rápida. Volta, abre o portão e pega o bilhete único que você esqueceu. Hoje você ainda tem bastante coisa pra fazer, então não esquece de estudar 9 horas por dia, tá? Tem que dormir mais de 8 horas, ler e estudar música também. Não esquece que você trabalha com foto e precisa entregar as fotos pra Dri. Ah, você tá na escala e vai cantar na igreja essa semana, não marca nada pra esse horário. Tem mais, tu namora então trata de separar um tempo pro seu namorado. Não esquece daquilo que ele te falou: "Você precisa ter um tempo pra relaxar e se divertir, se não fica doida.". Vai, liga a Tv, assiste Dr. House e procura os novos episódios de Grey's Anatomy que ainda não saíram na Netflix. Zera Assassin's Creed IV e joga GTAV de novo. Qual é Nathalia, esqueceu do League Of Legends? Você ainda nem tem elo, joga mais! E os seus amigos e a sua família, quando vai ter mais tempo pra eles? Eles sentem falta de você! Só não esquece: 9 horas estudando pro vestibular, 8 horas de sono, 2 horas de música, 4 horas em condução e sem contar o tempo que você leva comendo e se arrumando. E sabe aquele seu curso de inglês com prova todo semestre? Tem que tirar nota 100 e ser fluente viu. Não precisa se preocupar porque mesmo assim ainda dá tempo de aprender a pintar em tela, escrever todos os livros que você começou - e ler os que estão na prateleira -, aprender alemão e também aprender a tocar teclado e bateriaTem tempo pra tudo, fica tranquila!


o desespero de quem não tem tempo


Para os corajosos que leram aquilo tudo: Parabéns! Acho que ficou bem claro o tantão de coisas que tento fazer, neh? E que exijo bastante de mim.

Acho que todo mundo já se sentiu assim em algum momento da vida. E eu já tô nessa deve fazer uns 3 anos ou mais, nem sei. Tudo isso causa um enorme estresse físico, mental e emocional.

*Ás vezes quando reflito sobre essa montanha de coisas que faço, sinto vontade de chorar porque lembro da galáxia de outras coisas que quero aprender. É desesperador.

Resumidamente, estou ficando doida.




para, respira e começa de novo


Talvez seja a primeira vez que eu esteja convencida de que preciso diminuir o ritmo. A última vez de que me lembro com um bom tempo para me divertir, eu estava na oitava série. Terminei o ensino médio ano passado, então já passou bastante tempo.

Sinceramente, já não sei mais como vou conseguir fazer tudo que quero sem me matar em 30 anos, mas estou disposta a tentar. Vou começar tudo de novo. E quanto falo tudo, não sei exatamente como seria esse "começar de novo".


*notas adicionais*

Foi difícil escrever sobre isso aqui após um sumiço de dois meses, principalmente depois de ter postado um texto sobre ter voltado com tudo aqui no florestalis. Não soube muito bem sobre o que raios publicaria aqui, mas pensei que deveria viver o objetivo dos blogs em geral, que é documentar o progresso das coisas.

Apesar de estar concretizando o antigo sonho de ter um blog, escrever aqui - sem abandonar depois de um mês - ainda me parece coisa outro mundo, sabe? Espero manter isso por muito tempo, é mais necessidade do que vontade.